Quem nunca pensou em desistir da vida cristã?

 É possível que em muitos momentos de nossa frágil caminhada cristã nossa mente tenha sido assaltada pela vontade de deixar tudo para trás e  abandonar o que construímos e cremos. Impulsos promovidos pelo pecado e pela teimosa humanidade que invade os pensamentos e os dias de homens e mulheres sujeitos ao desânimo e a apatia.

  Sabedor desta condição humana é que Jesus fala aos seus discípulos. Sua palavra é fortalecedora. Sem rodeios e com tamanha objetividade, Ele nos convida à perseverança. Somente na permanência haverá salvação. Sem retrocessos ou constantes recaídas, somos incentivados pelo Espírito a permanecer, quando muitos já desistiram; a acreditar, quando tantos entregaram os pontos e ficaram no meio do caminho.

 É evidente que o Senhor Jesus enfrentou diversos e tremendos obstáculos. Desde o seu nascimento até a sua morte, Ele não desistiu. Antes, foi obediente ao Pai e, impulsionado pela oração, conseguiu cumprir os objetivos que lhe foram propostos pelos céus.

 Se o seu coração está impregnado de razões para desistir, gostaria de incentivá-lo a olhar para Jesus. Ele é o autor e consumador de nossa fé ( Epistola do Apóstolo Paulo aos Hebreus 12.2) e o Alfa e o Ômega (Apocalipse 1.8). É certo que se Ele começou uma excelente obra em nós, irá terminá-la.

 Por tudo isto, permaneça firme. Aproxime-se do Senhor, continue em frente e você verá que vale à pena perseverar.

 

Deão Sérgio Andrade